Cozinha americana: vantagens deste modelo e como decorá-lo

written by

Data

29/06/2020

Categoria

Notícias Gerais

Cozinha americana é um modelo de cozinha adotado em várias arquiteturas, apresentando vantagens para imóveis compactos e união de famílias

 

Na contramão do isolamento social, a união familiar nunca foi tão desejada pelas pessoas. Assim sendo, a moradia ideal seria aquela que aproxima os membros de da casa.

Pensando nisso, os arquitetos passaram a propor já há vários anos a adoção de novos modelos de imóveis. Por exemplo, aqueles que apresentam, como característica principal, a integração de ambientes. É o caso da cozinha americana.

O que é cozinha americana?

 

Cozinha americana é um modelo de cozinha que segue, portanto, justamente este conceito de integração de ambientes de casa. Não se trata necessariamente de uma ideia nova de arquitetura.

Na verdade, é uma solução já adotada há muitos anos para residências. Mas desde que surgiu, nunca saiu de moda e, hoje em dia, é uma tendência ainda mais em alta – inclusive num momento em que muitos preferem morar em imóveis compactos.

 

Quais as vantagens de uma cozinha americana?

 

Cozinha americana geralmente é vista em modelos de imóvel de planta livre. Seu maior ponto positivo é mesmo esta possibilidade de integração com outros ambientes. Isto é bastante válido de muitas formas, principalmente para casas e apartamentos pequenos.

Primeiro, porque faz tais espaços parecerem mais amplos, bem ventilados e iluminados. Segundo, porque permite uma maior união das famílias.

A ausência de uma parede entre sala e cozinha permite que pessoas em ambos os ambientes se vejam e se comuniquem. Enquanto um prepara os alimentos, outros veem TV – tudo no mesmo espaço aberto.

Fora que a casa parece muito mais moderna e elegante por conta desta ausência de barreiras visuais. O espaço de planta é melhor otimizado. E a circulação no local é mais fluida, ou seja, mais fácil por conta deste arranjo de elementos.

Como integrar a cozinha americana com a sala?

 

A ausência de uma estrutura divisória entre sala e cozinha permite uma variação maior de opções de decoração para o imóvel.

Há menos paredes para instalação de armários, mas, pelo contrário, móveis e eletrodomésticos podem ser posicionados em planta de outros modos, otimizando ainda mais o espaço. Tal integração é enfatizada por certos elementos ao mesmo tempo em que a divisão de atividades é destacada por outros.

Um jeito adotado por muitos arquitetos de interiores para integrar melhor sala e cozinha americana é através dos materiais. A linha do forro de gesso de um ambiente pode acompanhar o de outro.

Do mesmo modo, o nível e o tipo de revestimento de piso. Coberturas de parede e texturas de armários dos dois lados podem seguir a mesma linguagem também. Então, assim, tudo parece um espaço só, um espaço maior.

Neste caso, o indicado é manter na decoração dos cômodos um pano de fundo em cores tons pastel ou neutras – como cinza e bege.

O uso de espelhos em locais estratégicos pode fazer os cômodos parecem ainda maiores. E quanto mais os elementos de marcenaria puderem ser combinados melhor – bem planejados, garantindo que as pessoas consigam desempenhar as suas atividades mesmo que juntas, num mesmo espaço.

Tem outra coisa que caracteriza os projetos de cozinha americana que é a utilização de um balcão para a sala. Este elemento ao mesmo tempo em que integra, separa ambientes.

Ele pode fazer o papel de mesa de jantar ou mesa extra de refeições. Também pode funcionar como balcão para armazenamento de alimentos e louças; e um nicho para certos aparelhos, como cooktop e máquina de lavar louças.

Ou seja, o balcão utilizado entre sala e cozinha americana é multiuso. Além disso, bastante importante para a estética da decoração destes cômodos. Inclusive, em alguns casos, ditando o estilo ou a organização desta.

Ele pode ficar lado-a-lado a uma mesa de jantar. Pode ser a extensão de um rack ou estante de TV. E, eventualmente, ser escondido atrás de uma porta sanfonada ou porta de correr.

DICA: como reformar um imóvel para ter cozinha americana

 

Lembrando que não se pode adaptar qualquer imóvel ao modelo de arquitetura com cozinha americana.

Isto porque, para que uma cozinha comum se torne uma cozinha americana, poderia ser preciso a derrubada de partes estruturais. É uma medida que jamais deverá ser tomada sem o acompanhamento de um profissional especialista em estruturas.

Muitas casas e apartamentos antigos não podem ter suas salas e cozinhas integradas, simples assim. Por isto é mais fácil ver exemplos de arquitetura com cozinha americana em empreendimentos novos. Mas adotando as medidas certas, tudo é possível, claro.

Estude com o seu engenheiro ou arquiteto as possibilidades de criar uma cozinha americana em sua casa também. Já pensou, toda família reunida em um ambiente só?

Essas dicas de decoração foram criadas pela equipe Viva Decora.

 

Fonte: Revista Exame

POSTS RELACIONADOS

Abrir Chat
1
Em que posso ajudar?
Olá
Posso lhe ajudar